Blueprint Protocol

Informações Importantes

Este artigo não substitui uma consulta com o seu médico. Todo o conteúdo aqui é apenas a título informativo e não constitui avisos médicos ou serviços profissionais.

Em 2020, Bryan Johnson (milionário, fundador da empresa Braintree comprada pelo PayPal alguns anos atrás) fundou o protocolo Blueprint e o beta tester dessa empreitada é: ele mesmo.

O Blueprint Protocol é uma série de medições, suplementos, exercícios, enfim, uma série de metas rastreáveis com um único objetivo: não morra. Na verdade, Bryan expande o lema DON’T DIE para mais: não morra, não mate, não destrua a biosfera e não subestime a importância de se alinhar com a inteligência artificial.

Na foto, a esquerda Bryan Johnson antes de iniciar o protocolo e a direita após.

E por que decidi seguir o Blueprint? Na foto acima, à esquerda, Bryan parece ser bem mais velho do que ele é hoje em dia. Como ele mesmo conta: isso é um resultado de um estilo de vida recheado de estresse, viciado no trabalho e falta de cuidado com a saúde.

Aos 32 anos, eu estou praticamente o “Bryan da direita” (com exceção dos milhões na conta), só que com o adicional de ser fumante e abusar do álcool.

Honestamente sempre segui a filosofia do transhumanismo. Mas como vou seguir essa filosofia se a minha vida é recheada de hábitos e um estilo de vida altamente agressivo para a saúde e o bem-estar? É hora de mudar, enquanto eu ainda tenho tempo.

Os princípios do Blueprint

Ao todo são 4 princípios:

  1. Comportamento autodestrutivo é insano
  2. Fortaleça seu corpo para falar por ele mesmo
  3. As aspirações que você precisa estão além da sua imaginação
  4. Veja no escuro para evitar ficar cego pela luz

O primeiro princípio já me quebra completamente. Porque minha vida é baseada em um comportamento completamente autodestrutivo. E não minto, escrevo este artigo com um cigarro Marlboro na mão.

Existem alguns transtornos que nos levam ao comportamento autodestrutivo. O TDAH sofre bastante com isso, principalmente quando não medicado (eu). O álcool, por exemplo, serve para acalmar a mente, mas quando isso foge do controle, é preciso parar e refletir.

Os custos

No site do Blueprint existe uma tabela com os custos aproximados de seguir o protocolo por mês. Em uma conversão direta do dólar para o Real, os custos mensais chegam a mais de R$ 8.000.

Mas a realidade é que com certeza não precisa investir tudo isso por mês. Os maiores custos estão concentrados na alimentação, cerca de 45 dólares por dia, pouco mais de R$ 230 por dia. Obviamente que isso não está adaptado ao cenário econômico brasileiro e aos custos dos mesmos produtos no Brasil.

Além disso, há os equipamentos que ele usa para monitoramento. Na grande realidade das pessoas, não é necessário investir nisso. Eu, que sou um fanático por estatísticas e métricas, é que me interessei em comprar algumas das coisas, mas não tudo.

Aviso sobre anúncios e afiliados

Alguns dos links abaixo contém um link de afiliados. Isso significa que eu receberei uma comissão por cada compra feita pelos links. Isso não acarretará nenhum custo adicional para você.

Os equipamentos

O Bryan utiliza alguns equipamentos para complementar o Blueprint. A lista completa está no site dele. No entanto, pelo alto custo e pelas taxas de importação, não fica viável comprar tudo. Por isso, decidi comprar apenas o essencial e procurar alternativas locais mais baratas. Abaixo você confere uma lista dos equipamentos que eu vou comprar.

Terapia de Luz

Encontrei uma alternativa (inclusive avaliada mais positivamente) que custa em torno de R$ 298, ela entrega os mesmos benefícios do que a terapia de luz solar usada por ele, mas praticamente pela metade do preço (sem contar os impostos).

Esse é um dos itens que pretendo comprar, mas sem previsão de data, tendo em vista que estou primeiro investindo no local mais importante da minha casa: minha cama.

Alergias

Nesse caso não encontrei substitutos. A melhor opção nesse caso é marcar uma consulta com um alergologista para realizar os testes em você. Sai bem mais barato, principalmente se você tiver plano de saúde (meu caso).

Colchão

Também não encontrei substitutos, infelizmente. As taxas de importação são altíssimas e o produto em si também é. Dito isso, para mim a melhor alternativa é um colchão confortável.

Essa compra é uma que venho adiando faz tempo, mas que após ver diversas marcas é o produto que tem o maior custo-benefício, o qual é o colchão da Emma (inclusive, está mais barato pela Amazon do que pelo site oficial. Não faz sentido).

Whoop

A melhor opção para o Whoop é importar diretamente do exterior para cá. Digo isso, pois o produto não tem custo, você só pagará pela mensalidade. O único custo que você vai ter é caso queira comprar uma pulseira personalizada.

Eu já decidi que vou assinar a plataforma. Não apenas pela facilidade, mas o suporte pré-venda também foi excelente.

A smartband pode ser adquirida direto pelo site oficial deles.

Balança

A balança que ele recomenda é da Nokia. No entanto, custando mais de R$ 3.000 eu honestamente não vou comprar. Custando menos de 1/10 do valor da balança da Nokia temos a balança da Xiaomi. Ela custa apenas R$ 250 na Amazon.

Essa aí já está na listinha das compras do mês de maio.

As refeições (e os custos locais)

Super Veggie

Esses são os ingredientes do Super Veggie:

  • Lentilhas pretas (45 gramas secas, aproximadamente 150 gramas cozidas). – 4 quilos sai cerca de R$ 137.
  • Brócolis (250 gramas) – 1 kg sai cerca de R$ 16 no Extra.
  • Couve-Flor (150 gramas) – 300 gramas sai cerca de R$ 7 no Extra.
  • Cogumelo Shitake (50 gramas) – 25 gramas sai cerca de R$ 17 na Amazon.
  • Alho (uma peça) – 100 gramas saem cerca de R$ 3,49 no Extra.
  • Gengibre (3 gramas) – 100 gramas saem cerca de R$ 2,40 no Extra.
  • Lima (1 unidade) – 1 a 2 unidades saem cerca de R$ 2,58 no Extra.
  • Cominho (1 colher de sopa) – 60 gramas saem cerca de R$ 13,29 no Extra.
  • Vinagre de maçã (1 colher de sopa) – 700 ml saem cerca de R$ 7,69 no Extra.
  • Sementes de cânhamo – O Brasil é atrasado o suficiente para proibir isso.
  • Após o preparo, uma colher de sopa de azeite extra virgem. – 500 ml custam aproximadamente R$ 42 no Extra.

Custo total dos produtos (sem dividir): R$ 265,45.
Custo total dos produtos (dividindo): R$ 53,92 por refeição.

O maior custo está nos cogumelos Shitake. Encontrei uma alternativa que é mais econômica no Mercado Livre, 1 kg por R$ 200. Com esse novo valor, teríamos então: R$ 29,93 por prato.

Os suplementos

Eu tenho medicamentofobia (parece uma palavra inventada, mas é verdade). Basicamente consiste no medo de tomar remédio. No entanto, preciso compreender que a parte dos suplementos é importantíssima para mim.

Uma coisa que tem que ficar clara, principalmente para quem vem da mídia, é: matérias sensacionalistas dão dinheiro. Não informam, mas dão dinheiro.

É muito mais interessante vender: “Vitamina D mata: conheça os riscos” do que “Excesso de vitamina D pode matar: conheça os benefícios e riscos”. Enquanto isso, temos grande parte dos leitores lendo a primeira notícia e achando que eu tomar suplemento é uma coisa perigosa, sendo que com a percentagem de vitamina D que eu tenho em meu corpo, é mais perigoso não tomar.

Os dados do meu exame são de 2021, eu com certeza estou bem pior hoje em dia, tendo em vista que o abuso de álcool e cigarro piorou pós-pandemia.

Esse acima é a quantidade de vitamina D em meu corpo em 2021. O que fiz para mudar desde 2021: absolutamente nada. Ou seja, eu tenho deficiência de vitamina D em meu corpo.

Abaixo você confere os exames completos. Devo fazer um novo exame completo neste ano.

Suplementos recomendados

Bryan toma mais de 50 suplementos diferentes. Honestamente, eu sei que eu ainda não consigo tomar isso. Por isso, vou deixar uma lista dos suplementos que eu comprarei.

Esses 4 itens acima servem para ser misturados e bebidos, ou seja, o ideal é que você compre a versão em pó. O sabor deve ser terrível, mas os benefícios são evidentes.

  • Ômega 3Ocean Drop (Vegano), Unilife (Vegano), PuraVida (Vegano), Vitafor (Vegano), LifeSeeds, Nutrify. Estou em dúvida entre o Ocean Drop e o Nutrify. Queria muito testar o Ocean Drop e talvez é isso que eu faça 🙂
  • Óleo de AlhoLifeSeeds, Natulha, Vitgold. Em dúvida entre o LifeSeeds e o Natulha.
  • Levedura de Arroz VermelhoNOW.
  • NAC Biogens, Vitaminlife, NOW, Nutrione (irei provavelmente de Nutrione)
  • Gengibre e CúrcumaNatureFree, NaturePro, Nutrimuni.
  • Essential Capsule – Não encontrei uma opção melhor. É caro, principalmente pelo fato de vir direto dos Estados Unidos. Mas é a melhor opção, pois contém em apenas 3 cápsulas por dia todos os suplementos que você precisaria comprar por fora.

Há alguns suplementos que não são especificados na Blueprint, mas que vou comprar para fins específicos da minha saúde:

E quando você pensa: nossa, acabou! Não, não acabou. Ele ainda toma outros suplementos após o jantar e antes de dormir. Mas devido a dois fatores: dinheiro e medo, eu decidi tomar apenas um suplemento à noite que é a melatonina antes de dormir.

Monitoramento do progresso

Essa parte é um pouco mais complicada, porque exige que você tenha acesso a um médico que aceite acompanhar você nessa jornada.

Você pedirá para ele exames periódicos de diversas enzimas e componentes do corpo. É uma lista grande e com certeza seu plano não cobrirá todos (é quase que já previsto isso).

No meu caso específico falarei com um nutrólogo (diferentemente do nutricionista, o nutrólogo é um médico, ou seja, pode receitar exames de sangue, remédios, etc.) e contarei sobre o Blueprint. Tentarei pelo plano de saúde para reduzir os custos, mas sei que muitos adoram seguir a cartilha, então fica um pouco complicado.

Conclusões

O texto é grande e tenho certeza que pouca gente terá paciência para ler. No entanto, que sirva de consolo para você: eu não vou tentar tudo de uma só vez. Porque eu tenho TDAH, eu tenho problema com lidar com impulsos, então é quase que certeza que terá bastante deslizes.

A realidade é que mudanças requerem tempo, principalmente para quem tem TDAH. O que quero fazer, na realidade, é realizar essas mudanças aos poucos. Começo introduzindo um suplemento, e daqui a algumas semanas introduzirei outro, outro, outro, até tudo estar 100% alinhado.

Eu tenho algumas certezas: eu quero parar de fumar, eu não quero parar de beber, eu ainda quero comer algumas “porcarias” ocasionalmente, quero apreciar um bom restaurante, mas quero que a minha saúde no geral melhore, e é por isso que eu vou seguir uma parte do protocolo e quem sabe, um dia, eu estarei pronto para seguir tudo.

O protocolo também detalha questões como exercícios físicos, mas honestamente não sei o nome dos equipamentos nem em português, então não quis ter o risco de passar informações erradas por aqui.

Ocasionalmente irei postar sobre o progresso diretamente aqui no meu blog. Fiquem de olho.